Infraestrutura

O PPGAU UFF tem uma concepção para suas atividades de ensino, pesquisa e extensão com atenção particular a recursos materiais e aos novos suportes logísticos desenvolvidos a partir de tecnologias de ensino. O Programa tem sua sede física no 5º andar do bloco D do Centro Tecnológico no Campus da Praia Vermelha da UFF em Niterói, onde dispõe de: 

  • Salas de aula: duas salas exclusivas e equipadas com computadores e projetores.
  • Sala de Pesquisa Coletiva de 80m2
  • Coordenação
  • Secretaria
  • Sala de reuniões
  • Dependências de apoio: copa e depósito 
  • Laboratórios e gabinetes dos professores credenciados. 
  • Auditório de 80 lugares localizado no Chalé da EAU, edifício histórico que compõe a Escola de Arquitetura e Urbanismo (EAU UFF).
  • Sala magna para as defesas de dissertação e tese, no edifício histórico ‘Casarão’ da EAU.
  • Apoio administrativo da EAU
  • Biblioteca (BAU).

 

Infraestrutura digital

O Programa considera o uso da tecnologia no ensino, pesquisa e ações de extensão como central em sua atividade. De acordo, tem investido considerável parte de seus recursos na atualização de sua infraestrutura digital, incluindo recursos provenientes de projetos aprovados em editais da agência de fomento regional FAPERJ em 2018 e 2020. Esses projetos estão adicionando itens de logística atualizados e alinhados com a transformação tecnológica pela qual passa a disciplina, incluindo a ênfase em pesquisa em rede e o uso de dados digitais (big data) e bancos de dados online.

 

Recursos de Informática 

O Programa dispõe dos seguintes recursos: 

  • A Secretaria e Coordenação dispõem de 4 computadores, equipamento scanner,  impressoras laser A4 e jato de tinta A4. 
  • 4 projetores multimídia para aulas e palestras.
  • 8 notebooks e 3 computadores desktop para uso de alunos e consulta de dissertações e teses.
  • Equipamentos disponibilizados pelos projetos de pesquisa incluem 18 computadores desktops, 12 notebooks, 6 impressoras multi-funcionais, 2 scanners, roteadores wireless, 2 projetores e 3 máquinas fotográficas.
  • O Programa ainda compartilha o Laboratório de Informática com a Escola de Arquitetura e Urbanismo, com 20 computadores e suporte para o uso de softwares específicos. 
  • Todas as salas têm acesso à internet por cabo e wireless, permitindo a realização de reuniões, bancas e palestras por vídeo-conferência.

 

O Plano Estratégico (item 1.3) detalha os próximos passos de investimento, com a aquisição de 10 computadores e equipamentos complementares para a Sala de Pesquisa Coletiva, previstos no orçamento do Programa em 2021. A Sala teve reforma completa das suas instalações elétricas e de cabeamento de internet em 2021, a partir das necessidades do PPGAU UFF.

Os grupos de pesquisas e Laboratórios ainda contam com recursos de fomento para aquisição de equipamentos próprios.

 

O novo Portal de Dados Urbanos do PPGAU UFF

A pesquisa urbana passa por uma profunda transformação — a chamada revolução dos dados: o uso de meios digitais para entender o funcionamento, estruturas e problemas das cidades, e o uso de métodos rigorosos amparados em dados intensivos (data-intensive research). Enfrentamos a necessidade de atualização da pesquisa frente a essas novas tecnologias e recursos de pesquisa e ensino, essenciais em um contexto de pandemia, para acesso a dados em condições remotas e no rearranjo do trabalho no cenário pós-pandêmico. 

O PGAU UFF aprovou o desenvolvimento do Portal de Dados Urbanos junto à agência de fomento regional FAPERJ, via edital E05/2020 de Apoio aos Programas e Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Processo 210.203/2021). A plataforma de alta performance vai integrar fontes de dados hoje dispersas ou em diferentes graus de acesso, como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), IPP (Instituto Pereira Passos, Prefeitura do Rio de Janeiro), IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, DATASUS (Ministério da Saúde) e ISP (Instituto de Segurança Pública), entre outras. Com um orçamento aprovado de R$ 33.000,00, a plataforma está sendo desenvolvida pela empresa de geoprocessamento Plano C em website próprio conectado ao website do Programa.

Inovação digital no suporte à pesquisa: o navegador (à esquerda) e a arquitetura do Portal de Dados Urbanos, financiado pela FAPERJ e em desenvolvimento.

 

O Portal de Dados Urbanos vai oferecer:

 

  • Repositório de camadas de informação cartográfica e estatística via metadados (links e acessos para bases, integrando mapas e planilhas de dados disponíveis em diversos geoserviços e instituições, como IBGE e IPP) e bases de arquivos agregando dados das cidades brasileiras.
  • Navegador para manipulação geográfica e visual para escolha da informação.
  • Facilidades de download, exportação e transferência de dados com suporte do provedor da UFF e seu Setor de Tecnologia da Informação (STI).
  • Suporte logístico à atividade de ensino e pesquisa remotas, com disponibilidade organizada e constante de dados e informações urbanas para as pesquisas de discentes, egressos, docentes — e aberta à comunidade científica brasileira e internacional
  • Publicação e visibilidade dos resultados de pesquisas na forma de informação geográfica e cartográfica e dados estatísticos produzidos pelo Programa.

 

O Portal é parte de um projeto institucional de produção qualificada, alinhada aos melhores centros de pesquisa internacionais. A plataforma digital representará uma inovação significativa no contexto dos estudos arquitetônicos e urbanos no Brasil, com abertura e acesso de pesquisadores, discentes e egressos de outras instituições e PPGs do país. Contará com versão em inglês, permitindo o acesso a dados urbanos de pesquisadores da comunidade internacional interessados em conhecer a realidade urbana brasileira.

 

Biblioteca em Arquitetura e Urbanismo

Compartilhada com a Escola de Arquitetura e Urbanismo, a Biblioteca (BAU UFF) dispõe de cerca de dez mil volumes de acervo nas áreas de Arquitetura e Urbanismo e Planejamento. O acervo abriga contribuições valiosas dos ex-professores Carlos Nelson Ferreira dos Santos e Ney dos Santos Oliveira, doações dos acervos do IBAM (instituto Brasileiro de Administração Municipal) e dos arquitetos expoentes na área de urbanismo e habitação Rogério Aroeira e Léo Cerejo. 

 

A BAU está conectada à rede de bibliotecas da UFF, permitindo a consulta por parte dos alunos a todo o acervo da universidade através do servidor instalado no local e acesso remoto via Internet. Alunos podem consultar e solicitar empréstimo de publicações em qualquer das Unidades da rede de bibliotecas e na Biblioteca Central da Universidade. Há ainda projeto aprovado para a construção de prédio anexo para a ampliação da Biblioteca da EAU, que também contemplará a ampliação do acervo do PPGAU.

 

O Programa dispõe de um acervo específico de Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado e diversas publicações, entre livros e periódicos para consulta. A UFF recentemente reformulou sua plataforma digital com a criação de um Repositório Institucional de Dissertações e Teses, interligada ao website do Programa.

Atualizações

The Valongo Wharf Archeological Site

The Valongo Wharf Archeological Site

O dossiê The Valongo Wharf Archeological Site, Rio de Janeiro, Brazil coordenado pelodocente José Pessôa, junto a uma equipe envolvendo arquitetos, antropólogos, historiadores earqueólogos, de forma multi e transdisciplinar, foi requisito da vitoriosa candidatura do...

Translate »
Skip to content